sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Escola manda aluno cortar cabelo black power e depois impede rematrícula

Um escola particular de Guarulhos (Grande SP) pediu para um aluno que cortasse seu cabelo crespo e volumoso, no estilo "black power". 

A mãe do menino de 8 anos se recusou a obedecer a solicitação e, em seguida, não conseguiu a rematrícula do filho. A família desconfia ter sido vítima de preconceito.




Folha de São Paulo, Caderno Cotidiano, Sexta Feira, 06 de dezembro de 2013, pp C6






Estado de São Paulo, Caderno Metrópole, Sexta Feira, 06 de dezembro de 2013, pp A 19



2 comentários:

Irivan Rodrigues disse...

Olá educadora, boa tarde!

Talvez eu esteja por aqui pela segunda vez trazendo um convite a você para fazer parte do Projeto Educadores Multiplicadores. O objetivo do projeto é unir e divulgar blogs de educadores.

Divulgue seu blog e promova a educação!

Faça parte da maior comunidade de blogs educativos do Brasil! Permita que outras pessoas conheçam este espaço e que ele fique mais conhecido entre os professores/educadores, alunos e escolas do Brasil e Portugal. É grátis!

Abraços, fiquemos na Paz de Deus e até breve.

Irivan Rodrigues

Unknown disse...

Seu cabelo é lindo, Lucas.